Rizomas
2013-2019

O filósofo Gilles Deleuze pega emprestado o termo rizoma das definições da botânica para aplicá-la a filosofia. A palavra chave aqui seria rizomático, que expressa um emaranhado de raízes que formam conexões imprevisíveis. Quando comecei a ler a Deleuze, compreendi o que estava fazendo a algum tempo.

Partindo de uma ideia matriz, recorto figuras desenhadas em um papel que serve aparentemente para um esboço e os colo de maneira bem estudada na tela. Logo começo a dividir a tela, em dípticos, trípticos, polípticos, e a fraccionar as imagens, os detalhes da figura.

Na derivação e fracionamento de figuras e telas, sempre há infinitas formas de conexões, decisões, pontos de partida, com uma origem no mais subterrâneo.